WebTurfe


  [03/04/2012]
Equitação lúdica melhora desempenho educacional infantil

 

A modalidade consiste na interação da criança com o cavalo e proporciona nada menos que 1800 estímulos cerebrais, favorecendo o aprimoramento cognitivo. O deslocamento tridimensional do animal exige que o corpo da criança realize movimentos automáticos de adaptação, exercitando uma extensa gama de habilidades, principalmente entre 2 e 8 anos de idade, quando o cérebro está em pleno desenvolvimento. A equitação lúdica emprega uma série de recursos, como brinquedos e jogos educativos, tendo o cavalo como referencial. "Ao alimentá-lo, por exemplo, o pequeno percebe que o bicho tem necessidades essenciais semelhantes às dele. Ao tocar, brincar e conduzir um ser maior e mais forte, experimenta uma sensação de poder, o que contribui com sua autoestima", afirma a fisioterapeuta Letícia Junqueira, que atua no Jockey Club de São Paulo, em um espaço que leva seu nome.  Veja, a seguir, a entrevista com a especialista e conheça outras benesses da equitação lúdica.

Que habilidades o esporte ajuda a desenvolver nas crianças?

- Concentração, pois, durante a prática da equitação lúdica, a criança aprende que é necessário se manter concentrada para guiar o cavalo sem se desequilibrar.

- Coordenação motora, porque  o pequeno realiza atividades de lateralidade, aprendendo os movimentos de direita e esquerda.

- Disciplina, quando ensinamos que a criança deve ter determinadas atitudes com o cavalo, com o objetivo de manter a intensidade correta dos movimentos, para não ser dominada pelo animal.

- Identificação social, porque, por meio do corpo do cavalo, a criança começa a identificar as partes de seu próprio corpo.

- Com a equitação lúdica, a criança aprende noções de espaço, como frente, trás, esquerda, direita, em cima e embaixo.

- Ao escovar, encilhar e alimentar o cavalo, noções de higiene, alimentação e vestuário também são adquiridas.

- Autoestima e autoconfiança são desenvolvidas à medida que o pequeno consegue montar e guiar um animal maior e mais forte que ele, sentindo-se motivado.

- Formação de caráter, pois a relação da criança com o cavalo é honesta, um depende do outro. Se ela trapacear, o cavalo não vai seguir suas ordens. Com isso, é trabalhada a boa índole.

Qual a idade ideal para iniciar a prática da equitação?

O ideal é iniciar a equitação lúdica a partir dos 2 anos de idade, pois nessa fase o desenvolvimento do cérebro é intenso e a criança irá receber diversos estímulos, aprimorando seu processo evolutivo, habilidades motoras e psicológicas.

Serviço

Espaço Letícia Junqueira
Jockey Club de São Paulo.
Av. Lineu de Paula Machado, 599 - Jd. Evereste
Horário: terça a sexta das 13h às 17h

Fonte: Bebe.com.br

Tags: Equoterapia / Equitação Lúdica



 
VEJA TAMBÉM

[18/09/2017 17:35:49]
COMUNICADO: regras de acesso de veículos para associados e profissionais do turfe em dias de corrida
[18/09/2017 15:29:31]
Apostador fatura R$ 27.132,25 no Fast 6 deste domingo
[18/09/2017 15:07:19]
Programas sem montarias para as corridas de sábado e segunda-feira, dias 23 e 25 de setembro
[18/09/2017 12:16:05]
Apostador leva R$ 9.019,00 na quadrifeta da Gávea
[18/09/2017 12:01:44]
Com 3 exatas apostador fatura R$ 7.045,30 no Betting 4 do último sábado, em Cidade Jardim