WebTurfe


  [09/01/2017 10:15:56]
De ponta a ponta, Gandhi Di Job faz brilhar a criação brasileira no Ramirez 2017

Gandhi Di Job tornou-se o quinto brasileiro a vencer o GP José Pedro Ramirez (gr.I)  | Foto: Ovacion Digital (arquivo)
 
Corrido há pouco em Montevidéu, no Uruguai, o Gran Premio José Pedro Ramirez (gr.I), em 2.400m na pista de areia, para produtos de 3 e mais anos, foi vencido, de ponta a ponta, pelo brasileiro Gandhi Di Job, 3 anos, filho do nacional (e, infelizmente, subestimado) Job Di Caroline e Fidelidad (Villach King), de criação do Haras Curitibano e propriedade do Stud La Fe.

Mandando no páreo desde os seus movimentos iniciais, Gandhi Di Job passou os primeiros 1.200m em pouco mais de 73s. Mantendo com firmeza a liderança, Gandhi Di Job passou a receber os avanços do compatriota Bagé In Concert (por Silver Train, de criação do Haras Santa Rita do Portão e propriedade do Stud Miguel Ávila) na segunda metade da última curva, ingressando na reta final 1 corpo à frente do adversário.

Recebendo uma partida até mesmo precipitada de Federico Píriz, Gandhi Di Job disparou na primeira colocação nos primeiros lances do tiro direto. Quando faltavam 350 metros para o espelho, o atual ganhador do páreo, Fletcher (Ecclesiastic), buscava engrenar sua atropelada, juntamente de Robinson Crusoe (Catcher In The Rye) - ao passo que Bagé In Concert sobrava, batido, mais por dentro.

Nos derradeiros 200 metros, Robinson Crusoe chegou a dar alguma fila de que poderia desbancar Gandhi Di Job - mas o brasileiro ainda trazia sobras na primeira colocação. No disco, 1 corpo separava Gandhi Di Job de Robinson Crusoe, na dupla dos potros de 3 anos anos no páreo. Fletcher foi o terceiro, ao passo que Oggigiorno (por Pioneering, de criação do Haras Santarém), depois de finalizar em quinto em 2015 e em segundo em 2016, subiu pela terceira vez em sua campanha na "pedra" de um Ramirez, ao terminar no quarto posto, desta feita. Bagé In Concert - outro de boa atuação - completou o marcador.

Life Style (7º), Reality Bites (12º), Very Hopeful (13º) e Like Desire (14º), os demais brasileiros inscritos no páreo, finalizaram fora do marcador.

Treinado por Jorge Firpo, Gandhi Di Job conquistou a sua terceira vitória em apenas 5 apresentações. Também ganhador dos Gran Premios Nacional (URU-gr.I) e Criterium (URU-gr.II), Gandhi Di Job correu a milha e meia em 2:28.53. Ao conquistar a principal vitória de sua campanha, até aqui, Gandhi Di Job tornou-se o quinto brasileiro a vencer o GP José Pedro Ramirez na história, após as conquistas de Duplex (1982), Relento (2009), Sing-A-Song (2010) e Mr. Nedawi (2011).

Fonte: ABCPCC


 
VEJA TAMBÉM

[29/03/2017 16:44:56]
Comunicado: Jockey Club de São Paulo
[29/03/2017 16:19:08]
Nota de falecimento: Kazuo Sakurai
[29/03/2017 12:10:12]
Arrogate ultrapassa US$ 17 milhôes em prêmios
[28/03/2017 14:37:04]
Apostador leva R$ 7.002,00, na quadrifeta da Gávea
[27/03/2017 12:31:52]
"Em pouco tempo vamos ter um Jockey diferente", afirma Benjamin Steinbruch - Presidente do Conselho de Administração do JCSP