WebTurfe


  [26/07/2017 17:14:01]
Sucesso absoluto o festival Wathba Stallion Cup no Brasil para cavalos da Raça Puro Sangue Árabe

 
Zells Kate, entre as fêmeas, e Rhondo Rach, entre os machos, fizeram história ao vencerem pela primeira vez as provas de Grupo III realizadas no Hipódromo de Cidade Jardim

Um verdadeiro espetáculo o festival Wathba Stallion Cup realizado no último sábado (22) no Hipódromo de Cidade Jardim. Muitas emoções nas três provas destinadas à raça puro sangue árabe e excelentes os desempenhos de Fada HVP, Zells Kate e Rhondo Rach, os vencedores da programação especial.


Fada HVP Foto: Porfírio Menezes

Abriu a reunião paulista a estreante Fada HVP, que bateu os favoritos e venceu por boa margem o Prêmio Especial Quazar - Wathba Stallions Cup, no percurso dos 1.000 metros, pista de grama.

A filha de Khidar e Fate Bfa (Falcon Bhf) nasceu na Agropecuária Vila dos Pinheiros Ltda. e defende os interesses de André Lahoz Mendonça de Barros. A campeã recebeu direção do aprendiz André R. Oliveira.

"O ritmo do puro sangue árabe de corrida é bem diferente do PSI, mas consegui trazer Fada HVP de mais para mais e a égua correspondeu com perfeição. Estou muito feliz por ter obtido minha primeira vitória numa corrida de puro sangue árabe", disse o aprendiz.

O treinador Thiago Haidar é experiente quando se trata de cavalos árabes de corrida e levou, com sua única inscrição, o páreo de abertura.

"A vitória foi bonita e fácil. Apesar do páreo ter vários estreantes e Fada HVP ainda estar um pouco 'verde', ela provou ser muito boa corredora. Acertamos na escolha do aprendiz, que é um menino esforçado e de bom futuro", falou.

Haidar fez questão de elogiar o momento atual do cavalo árabe de corrida no Brasil.

"Sem dúvida hoje (sábado) é um dia histórico para os cavalos árabes de corrida no Brasil. Nesses quatro anos e meio, conseguimos fazer um festival de alto nível, com três excelentes páreos, sendo dois deles de Grupo 3, e bolsas muito atraentes. Muito feliz por estar fazendo parte desse momento".

A prova inicial foi vencida por Fada HVP e a ordem final contou com Passion Rach (2ª), Hórus HVP (3º), Theokoles Rach (4º) e Morgan HVP (5º). Lina Rach chegou na 3ª posição, mas como faltou peso em sua faixa Ignatius Rach, ambos foram desclassificados. O tempo de Fada HVP para o quilômetro foi 1'06"392.


Zells Kate Foto: Porfírio Menezes

A primeira prova de Grupo 3 para as éguas árabes de corrida não poderia ter um desfecho melhor: o Grande Prêmio Mahabb - Wathba Stallions Cup foi realizado em 1.400 metros, pista de grama, e vencido por Zells Kate, que deu um show ao registrar o novo recorde do percurso para as fêmeas, apesar da cerca móvel de quase 9 metros: 1'36"171.

Dada a partida, a ligeira Zells Zenyatta, enfim, conseguiu voltar a largar e assumiu a dianteira sob o comando do experiente J. Rogério. Jeane Alves posicionou Zells Kate em 2ª, vigiando a ponteira. Guinevere Rach (3ª), Ciranda Ve (4ª), Vertente Rach (5ª), Cantiga Ve (6ª) e Miss El Challajr (7ª) corriam na sequência durante a reta oposta.

Na grande curva, Zells Zenyatta (1ª) trazia diferença de 2 corpos para Zells Kate (2ª), enquanto mais afastadas atuavam Vertente Rach (3ª), Guinevere Rach (4ª), Cantiga Ve (5ª), Ciranda Ve (6ª) e Miss El Challajr (7ª).

Bastou entrar a reta final para Jeane Alves dar rédeas a Zells Kate, que sem levar uma única chicotada, assumiu a dianteira e disparou para vencer com extrema facilidade o desafio de Grupo 3, registrando o novo recorde do percurso.

Zells Zenyatta não teve o menor problema para formar a dupla destacada do desafio. 

Mais distantes, completaram o placar Cantiga Ve (3ª), Vertente Rach (4ª) e a estreante Miss El Chall AJR (5ª).

A campeã Zells Kate fez jus ao prêmio de R$ 20 mil reais, sendo filha de S W Zell e Zell Lady In Red (Zachzell), criada por Lynn Kitto e defensora de Almir José Ribeiro.

"Com égua boa, fica muito mais fácil ganhar. Como eu conhecia Zells Kate e Zells Zenyatta, acreditava que a primeira era um pouco melhor, então a selecionei eacertei na escolha, pois pudemos vencer desta forma maravilhosa", falou Jeane Alves, que nem sequer chegou a usar o chicote em Zells Kate. "Usar chicote para quê em animal bom?", devolveu a pergunta a joqueta.

O treinador Alexandre Garcia Saldanha Correa apresentou a dupla vencedora Zells Kate (1ª) e Zells Zenyatta (2ª) e comentou sobre a fácil conquista.

"Ganhar qualquer páreo é uma alegria, mas quando é prova de Grupo 3 tudo fica muito melhor! Zells Kate é uma égua sensível que conseguimos acalmá-la. Zells Zenyatta também estava com alguns problemas de estresse. Fizemos algumas viagens entre Campinas e São Paulo para elas passearem e acalmarem. Deu certo e ambas puderam mostrar toda sua categoria neste sábado maravilhoso", disse Alexandre Garcia.

O profissional ainda elogiou o desenvolvimento das corridas de árabes no Brasil.

"Estes páreos com bolsas tão boas incentivam não apenas os profissionais, mas também os proprietários. Tem muito proprietário que tem cavalo PSI comigo e que começou a se interessar pelos cavalos árabes de corrida. Sem dúvida, acredito em mais páreos deste nível no futuro", avaliou.

Almir José Ribeiro, vice presidente de provas da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe, é o feliz proprietário da nova recordista Zells Kate e falou sobre tal conquista.

"Primeiramente agradecer ao HH Sheikh Mansoor Bin Zayed Al Nahyan que vem promovendo as corridas de Cavalo Árabe no mundo, à Lara Sawaya que mais uma vez tornou realidade a realização deste Wathba Stallion Festival no Brasil e à ABCCA atraves de sua diretoria e criadores que continuam acreditando no sucesso das corridas de cavalo árabe no Brasil. Com relação à vitória de Zells Kate, é uma sensação única! Eu, minha esposa e filhas sempre acreditamos no talento desta incrível corredora, que agora passa a fazer parte da história das corridas de cavalo árabe no Brasil. É a coroação do trabalho feito com muita dedicação e profissionalismo do nosso time. Conseguimos a primeira vitória em um GP de Grupo 3  no Brasil!"


Rhondo Rach Foto: Porfírio Menezes

Depois do recorde de Zells Kate (apesar da cerca móvel), eis que os machos entraram em cena no Grande Prêmio Munjiz - Wathba Stallions Cup (Grupo 3), em 1.400 metros, pista de grama com cerca móvel. Rhondo Rach, recordista do quilômetro, provou que o aumento de percurso também lhe atrai.

Ao ser dada a partida, Rhondo Rach e Velozter saíram rápidos dos boxes, mas coube a Velozter (1º) assumir o train de corrida. Rhondo Rach (2º) era vigiado por Mozart HVP (3º) e Kazan RB (4º). Heron Hvp (5º) era acelerado por seu jóquei W. Duarte. AMB Acalanto (6º), Marei Rach (7º) e Mahogany HVP (8º) ainda acertavam seus passos.

Durante a grande curva, Velozter (1º) tinha trabalho com os avanços de Mozart HVP (2º) e Heron HVP (3º). Rhondo Rach (4º) seguia por perto. AMB Acalando (5º) melhorava. Marei Rach (6º), Mozart HVP (7º) e Mahogany HVP (8º) atuavam depois.

Heron HVP assumiu a liderança pouco antes de entrar na reta final, enquanto AMB Acalanto também avançava e Mozart HVP. Muito tranqüilo no dorso de Rhondo Rach, Gelson Ribeiro levou o alazão para junto da cerca interna e sem esforço, deu intenção.

Rhondo Rach passou para a ponta sem luta e trilhou seu caminho para mais uma vitória entre os cavalos árabes de corrida. Em bonita atropelada, Marei Rach formou a dupla, enquanto Heron HVP, cansando nos metros decisivos, finalizou em 3º. Mahogany HVP (4º) e Velozter (5º) completaram o placar remunerado.

O vencedor Rhondo Rach somou mais uma vitória na campanha, ele que detém o recorde do quilômetro para os árabes de corrida, e agora garantiu o primeiro Grupo 3 na campanha.

Rhondo Rach é filho de Vaillant Rach e Rhondda Rach (Gothos Rach), criado no Rach Stud Agropecuária Ltda. e defensor de Ricardo Jamil Saliba. Marcou 1'36"451, milésimos a mais do que o obtido pela égua Zells Kate.

"Esta vitória representa muito para nossa família, em especial porque o foco da nossa criação são as corridas. Então quando o resultado surge, é sinal que tudo saiu perfeito. Rhondo Rach representa bem este objetivo, pois seus pais já foram criados por nós. Toda nossa família estava aqui reunida neste sábado, a pressão é maior por conta disso, mas no final tudo deu certo!", falou Ricardo Jamil Saliba, que ganhou prêmio de R$ 20 mil (vinte mil reais) pela conquista de Rhondo Rach.

Assim como no páreo das fêmeas, o treinador dos machos também fez a dobradinha. Lucas Quintana apresentou Rhondo Rach (1º) e Marei Rach (2º).

"Estou muito satisfeito, porque Rhondo Rach voltou a sua melhor forma. Ele está voando e em breve dará novas alegrias. Esta dobradinha com Marei Rach me deixou muito feliz. O coração apertou como se fosse o dia do GP Brasil (G1-2400mG), quando venci com Dídimo. Estou muito feliz!", disse o treinador.

O festival Wathba Stallion Cup distribuiu R$ 100.000,00 (cem mil reais) em prêmios e teve êxito em todo seu formato, deixando agora a expectativa para lá de positiva para 2018.



 
VEJA TAMBÉM

[24/09/2017 20:24:56]
Dois apostadores acertaram o Betting 4 de sábado em Cidade Jardim e faturaram R$ 46.510,23 cada um
[23/09/2017 16:05:00]
A Prova Especial Comunidade Árabe é de Ficante
[21/09/2017 20:00:40]
1º torneio de beach tennis - Beach Arena no Jockey Club de São Paulo
[21/09/2017 14:06:14]
Gibraltar Point segue em ritmo forte para seu próximo desafio rumo à Tríplice Coroa
[21/09/2017 14:04:51]
Lepate Goose está tinindo para buscar a 2ª coroa