Em recorde, Obataye é o campeão do Grande Prêmio Paraná (G3)


Obataye  | Foto: Instagram @jockeyclubdoparana

Corredor rendeu o terceiro troféu da prova máxima paranaense ao Haras Rio Iguassu.

Momento mais aguardado de reunião deste domingo (3), em Curitiba, o Grande Prêmio Paraná (G3), em 2.000m na raia de grama (macia), para produtos de 3 e mais anos, foi, brilhantemente, vencido por Obataye, 3 anos, filho de Courtier e Surfin'N Usa (Crimson Tide), de criação do Haras Palmerini e propriedade do Haras Rio Iguassu.

A coudelaria da Família Pelanda conquistou sua terceira vitória, no histórico da competição: antes, Jéca e First Amour. 

Pela primeira vez disputado na raia de grama, o "Paraná" deste ano foi marcado por ritmo intenso: Nolasco, que, na reta oposta, seria ultrapassado por Qebec Dancer, emplacaram train vertiginoso, livrando vários corpos à frente dos demais. 

A partir dos últimos 1.200 metros, passaram a se aproximar da dupla Ricky Ricardo, o terceiro, e Miss Marcela, que corria em quarto. Obataye, ganhando posições, era o quinto.

Na curva, Obataye passou para terceiro e, dentre todos aqueles que postulavam os primeiros postos, era o que dava melhor impressão. Por fora dele, o favorito Maximum Drive "encostava" no pelotão da frente, algo procurado por Leandro Henrique.

Abordada a reta final, Obtaye desgarrou, juntamente de Maximum Drive e Campelanda - que, passando para terceiro, dava alguma "fila" de se juntar à briga. Pela porção interna da raia, era Nusa Dua quem emplacava sua atropelada.

Quando recebeu a partida de Valdinei Gil, contudo, Obataye liquidou a fatura, na seta dos 200 finais. Em vitória plena de autoridade, o corredor alcançou o disco 2 corpos à frente de Nusa Dua que, confirmando, in totum, a vitória obtida no GP Diana (G1), obteve um excelente segundo lugar. Maximum Drive foi o terceiro. Campelanda e Drautec completaram o placar remunerado.

Treinado por Antônio Oldoni, Obataye conquistou sua 3ª vitória, sendo a 1ª clássica. Habitué da primeira turma de potros da geração 2020, em São Paulo (finalizou em segundo no "Ipiranga" e em terceiro nos GGPP Jockey Club de São Paulo e Derby Paulista) foi à raia pela 6ª vez, em sua campanha, tornando-se, desta feita, o novo recordista da distância, em Curitiba, ao assinalar 2:01.50 para os dois quilômetros.

ABCPCC


« VOLTAR

Acessar o Torneio de Prognósticos Ver Indicações do Torneio Master Ver Indicações do Torneio Aberto
 

Veja Também

Leia Mais [02/03/2024 23:52:12]
Na trilha do ''OSAF'', Miss Marcela vence grupo 2
Leia Mais [02/03/2024 14:51:27]
PE Francisco Batista Giobbi: La Special Polly cruza na frente e segue invicta em pista de areia.
Leia Mais [28/02/2024 15:32:26]
Sorteio de balizas para as provas do Festival da Copa Precocidade e Velocidade ABCPCC
Leia Mais [28/02/2024 09:45:14]
Agenda da semana: corridas de 29 de fevereiro a 04 de março de 2024
Leia Mais [25/02/2024 23:24:54]
Em final acirrado, Quoi de Neuf conquista a Prova Especial Viziane
Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.